Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O MEU VÔO


EU ERA UMA AVE DE PLUMAGEM CINZA
CONTINUADAMENTE POUSADO NUM GALHO SECO,
AS MINHAS ASAS PERMANECIAM NA VERTICAL,
COLADAS AO MEU CORPO,
ENQUANTO A FLORESTA,
ERA VIBRANTE, NA SUA DINÂNMICA DE EXISTÊNCIA

O VENTO SOPRAVA, A CHUVA CAIA,
E, EU PERMANECIA ESTÁTICO, AUSÊNTE, REMOTO,
E SURGIU UMA MANHÃ "VESTIDA DE ACAFRÃO”
E DIRECIONOU UM FACHO DE LUZ PARA
ONDE EU ESTAVA PARADO, QUIETO, HIBERNANDO,
E, AS MINHAS ASAS COMEÇARAM A SE MOVIMENTAR,

NO INICIO LENTAS, DEPOIS MAIS VIBRANTES,
ATÉ FICAREM ERETAS NA HORIZONTAL
ESTENDI O MEU OLHAR E VI A FLORESTA VIVA,
O MUNO ACONTECENDO ALI Á MINHA FRENTE, TUDO ERA BELO DEMAIS,
ENTÃO ARRISQUEI UM VÕO,
E SAI SOBRE AS CÚPOLAS DAS ARVORES,
PLANANDO SOBRE OS RIOS, SOBRE A TERRA,
MERGULHEI PRO ALTO PRO INFINITO,
NUM VÕO INTERMINÁVEL,

VOEI SOBRE AS PLANICES, SOBRE OS SERRADOS, SOBRE AS CHAPADAS
E SOBRE AS CIDADES,
EM VÕOS RAZANTES, EM CIRCULOS, PLANANDO
E MERGULHEI NUM LONGO, INTENSO E PROFUNDO VÕO,
O MAIS BELO E COMPLETO,
QUE FOI DENTRO DO MEU "EU”
E LÁ ENCONTREI PAISAGENS, BELAS,
MAS EMPOBRECIDAS...
FEIAS, MAS, QUE PODERIAM SER BONITAS,
MISTURADAS ENTRE RISOS, LAGRIMAS, FELICIDADES E TRISTEZAS,

AI PAREI, E ME PERGUNTEI O QUE TINHA FEITO COMIGO, COM A MINHA VIDA,
SORRIR, E CHOREI,
E SOB A NÉVOA "INTERIOR" VI UMA CAIXA LACRADA,
E FUI ATE ELA, E QUEBREI O LACRE,
E COMO NUMA EXPLOSÃO, EMERGIRAM,
RISOS, APALUSOS, E JUNTO SAIRAM TAMBÉM,
MUSICA, LITERATURA, PINTURA,
ARTES, DANÇA, VIDA
E UMA GIGANTESCA VONTADE DE GRITAR:
LIBERTE-ME, QUERO VIVER

ENTÃO, SÓ ENTÃO DESCOBRIR QUE HAVIA QUEBRADO AS CORRENTES,
E,QUE ESTAVA LIVRE, COMPLETAMENTE LIVRE,
E ESSE ERA O SENTIMENETO MAIS PURO, MAIS INTENSO E VERDADEIRO,
QUE JÁ EXPERIMENTARA,
ENTÃO VOEI DE VOLTA AO GALHO SECO,
E COM UM PICEL, O TORNEI VERDE,
E NASCERAM FOLHAS, E BRÔTOS, E NOVOS GALHOS,
QUE DERAM FLORES E FRUTOS,
E, VIERAM PÁSSAROS, DIVERSOS, COM MUITAS CORES,
E PALNTARAM SEUS NINHOS,
E A VIDA RESURGIU, BELA, EZUBERANTE, PLENA
E, EU FASCINADO,
SAI PARA NOVOS VÕOS PARA
NOVAS DESCOBERTAS


BY JORGE BRITTO 01 DE SETEMBRO DE 2007
JORGE BRITTO
Enviado por JORGE BRITTO em 01/09/2007
Código do texto: T633532

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JORGE BRITTO
Sumaré - São Paulo - Brasil
375 textos (37829 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 17:03)
JORGE BRITTO