Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Aquele

Embora esteja tomado de ira,
Embebedado de emoções agastadas,
Atordoado da química empírica,
Ensopado do ardor da pobre mortalha

Embora ainda carregue de forma crônica,
A melancólica certeza do fato ratificado.
A mentira fétida da verdade errônea,
Marcas dolentes de açoitadas sensatas

Embora a zanga não me esgote.
Não extraia minha seiva, me desbarate.
Não arranja em mim o menor que sou,
Patenteie a realidade rejeitável e feia

Porquanto sou e serei
Aquele que peleja,
Aquele que caça,
Que encara, arqueia e provoca
André um Jerico
Enviado por André um Jerico em 24/09/2007
Código do texto: T666612

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Andre Barbosa de Oliveira www.ideiadejerico.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
André um Jerico
Monte Santo de Minas - Minas Gerais - Brasil, 47 anos
56 textos (824 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 02:47)
André um Jerico