Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

vertigem

Dos chapéus que
os peixes usavam
suavam Brasília.

Margaridas cheiravam mal
O palácios à guarda inspira
e o mel era vertigem.

O poder em naco de chacal
e os olhos podres-pobres
dos candangos pizzados

votavam em chuva de
martelos e o povo
à margem - à margem!!!
Silva Neto
Enviado por Silva Neto em 04/10/2007
Código do texto: T680878
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Silva Neto
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 44 anos
123 textos (37166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/08/17 00:14)
Silva Neto