Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

conversa-eme-ésse-ene.

sentir por meio do gosto
e do desgosto ressentir
aquilo que no olho
costuma cair
e do que a vida só deixa
pra não mais ir
o que fica exposto, sobra,
nestas rugas do porvir.
(...)
e o que fica composto
nesta sombra do despir,
do restante do embora
de quanto basta vir,
do suficiente do que demora
do que não há de existir,
do fora tão despido
e que custa ao se exibir
do que fôra tão engolido
se custa a cuspir
é o que redime o definido,
já gasto, desistir.


(leminskiânus)

joão e ana.



 
foolana
Enviado por foolana em 15/11/2007
Reeditado em 15/11/2007
Código do texto: T737712
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
foolana
Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil, 26 anos
21 textos (513 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 17:00)
foolana