Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dialética das Montanhas

As respostas nunca serão encontradas
Através de tantas perguntas.
Lembre-se, esse mundo é binário

Arranque de sua alma
Estas terríveis cicatrizes
Sugadoras de plasma
E da mente humana


Cuide do seu caráter, meu caro
Antes que a sanguinolência da vida humana o faça
E transforme você em um monstro
Monstro esse nascido da incompetência das incompetências
Em que somos enclausulados clamando mágoas

Atravesse rios de lágrimas
Com seu arco na mão
Pois senão, as flechas inimigas lhe atingirão

Chore, chore muito
O mundo é cruel
As pessoas são cruéis
Até os coelhos são cruéis de certa forma


Reclame com toda a sua alma, a vida que essas criaturas lhe tiraram
A morte te chama
E as armas também

Fuja
Fuja para bem longe
Onde a vida não é como a que você tem
Onde seu potencial terá valor


Está talvez seja uma metáfora
De uma mente estúpida como a minha
Que nasceu na inescrupulosa América católica
Sangue.
Esta é a palavra de ordem.
Stalker
Enviado por Stalker em 21/11/2005
Código do texto: T74528
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Stalker
Salvador - Bahia - Brasil, 116 anos
46 textos (5132 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 17:00)
Stalker