Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Inferno de cada um

 
Um grito lancinante
invade o espaço da alma em conflito,
onde ilusões forjadas pela emoçao,
são jogadas no fogo que arde nas entranhas.
 
Os cinco sentidos falhos
em suas percepções devaneadoras,
agasalham o maya que cega o homem de tal forma,
que a razão foge em desalento.
 
E a alma rodopia na amargura do ser,
quando tudo em volta se torna negro e sepulto,
pelas ondas avassaladoras das paixões desenfreadas.
 
O coração chora lágrimas de sangue,
no peito que mostra o angor desesperado,
do homem desvelando suas perdas existenciais.
 
Em seu infernal porão do inconsciente,
degladiam-se monstros e dragões desembestados,
pelo domínio deste homem, já sem forças para lutar.
 
Dominado, atormentado, fragmentado, pronto a morrer, porquanto seu inferno interior o consome,
no fogo incessante da culpa,
pois não consegue perdoar-se a si próprio,
diante do julgamento da sua própria consciência.
 
Santos, SP
17/04/06
13:18 hs
Guida Linhares
Enviado por Guida Linhares em 17/04/2006
Código do texto: T140518
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Guida Linhares
Santos - São Paulo - Brasil, 70 anos
1939 textos (158412 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 13:30)
Guida Linhares

Site do Escritor