Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TRENS DO DESTINO

Hoje os trens do destino
não me assustam mais.

Sigo o meu caminho
apitando saudades,

levando o minério
da esperança, do amor

e miríades de lembranças
em meus vagões-criança.

O dia a noite
se parecem comigo.

Já sei colher estrelas ao meio-dia
e à meia-noite contemplo a luz do sol.

O arco-íris se debruça
e me contempla colorido.

Há um gosto de infinito
em meu suave caminhar.
José de Castro
Enviado por José de Castro em 17/06/2006
Código do texto: T177174

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José de Castro
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil
2254 textos (673533 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 04:12)
José de Castro