Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TRADUÇÃO

Eu escrevo o que está dentro do coração
dentro da minha alma
dentro do emocional e racional
e quando vou escrevendo
novas coisas vao surgindo
novas verdades e mentiras vao aparecendo sobre eu mesmo
e depois de um fim de linhas
eu vejo o que passou em instantes pequenos
mas que em mim foram momentos eternos
que estão ali em apenas alguns versos
depois vou ler
e vou ter uma outra visão
uma outra forma de enxergar

mesmo sendo o sentimento nato
nada muda
e tudo muda
acontece
eu sinto que estou novo
velho
cansado
falido comigo mesmo
mas também penso que estou vivo
e muitas vezes essa parte é a que me segura

eu posso não conseguir
não querer
ler
trabalhar
andar
acordar
mas tudo isso acaba acontecendo
como agora
que estou escrevendo isso

depois vou pensar
e quero pensar
que tudo que estou falando
não é em vão
e mesmo eu estando com isso dentro de mim
agora
eu vou pensar que não adianta
que nada vai mudar
nada vai me fazer mudar
ninguem
nada
coisas
eu vou estar apenas lendo
palavras em vão
frases sem sentido
mas
como tudo tem um começo meio e fim
vou achar que acabou....
mas não
estou apenas em algum meio
eu me meti em alguma coisa no meio de mim mesmo
que teve um começo
e nao vejo o fim em mim
e apartir de agora
eu desanimo
não quero fazer nada
e alimentar algo
que não me sustenta

então
quando escrevo
coisas pequenas
linhas
palavras
e acho que não está bom
que não era aquilo que eu queria escrever
mando tudo se fuder
jogo coisas sem sentido
entre todos os mortos e feridos nessa terra
e acho que não tem mais vaga no céu para o descanso
e assino minha confissão de nao acreditar na palavra do anjo da luz
que está ai
aqui

eu sei que está
sempre esteve
ele é meu reflexo
mesmo escondido nessas muralhas que alguém criou
eu posso não criar isso
as pessoas podem não criar
e tudo pode acontecer sem que eu ao menos espere
e luto pra saber o porquê de tudo
muitas vezes nao temos respostas
muitas vezes temos respostas
muitas vezes não achamos
mas acredite
tudo faz sentido
tudo
eu posso não achar sentido no que estou sentindo agora
mas isso faz parte de alguma coisa maior
e depois eu penso
"puta merda
tenho que sofrer assim
pra saber que alguma coisa faz sentido?"
as vezes temos
não sei porque também
talvez eu tenha sido sorteado pra ser assim
pra sentir mais
FLORA DO AR
Enviado por FLORA DO AR em 20/07/2006
Código do texto: T198171
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
FLORA DO AR
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 33 anos
21 textos (1008 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 16:12)
FLORA DO AR