Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dias Tristes



Não consigo mais enxergar o brilho do sol
Pois meus olhos estão nublados
Pela névoa da tristeza.
E já que também não posso ver
As cores do arco-íris
Me entrego às sombras.

Esqueço a beleza de um sorriso
Ouço apenas um grito moribundo.
Não quero mais dançar com as fadas
Nas florestas de delicadezas.
Apenas me entrego ao nada
Ao escuro breu da sepultura.
Sou agora um vulto nas terras enlutadas.

Um risco úmido escoa de meus olhos
Assim como um sussurro de alegria
Tenta adoçar o amargo negro de meu coração.
Espero poder encarar a luz do dia
Não ser mais um maldito
Um verme pútrido,uma simples recordação.

                Alézio
Indiopoe
Enviado por Indiopoe em 12/10/2006
Código do texto: T262932
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Indiopoe
Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil, 46 anos
6 textos (182 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 03:35)