Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VERSOS ASTRONAUTAS
Juliana Valis




Versos são astronautas do infinito,

Entre universos de antagônicos sentidos,

Por vezes, ríspidos como o anátema de um grito,

Por vezes, leves como sonhos tão perdidos...





Sim, versos são astronautas do infinito

Assim, dispersos, nas emoções indefinidas, 

Nas sensações em cada trecho mais aflito 

Da vida, estrada de paixões arrefecidas...




E nada impede que as palavras sejam vivas,

Quando as letras se tornam simplesmente estrelas

Entre coração e mente, nas alegrias tão furtivas

Ou nas dores, mesmo sem querermos vê-las...




A esmo, enfim, vagam esses versos de uma alma

Tão humana que, assim, remete-nos ao sonho

Do amor sublime que nos preencha em fé, sem calma,

Além da dor que nos vier no céu tristonho !



----






Juliana Silva Valis
Enviado por Juliana Silva Valis em 25/08/2007
Reeditado em 25/08/2007
Código do texto: T623843

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para o site). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Juliana Silva Valis
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 33 anos
3973 textos (883852 leituras)
4 e-livros (1863 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 18:17)
Juliana Silva Valis