Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sempre, sempre o mais difícil...

Gostaria de, neste instante, ter um momento de paz. Fechando os olhos. Ouvindo música. Imaginando-me não ser e não fazer parte daqui.
Pense...pense...pense...
Migre para um local onde possa ter sua mente implacavelmente intacta.
Imagine...imagine...imagine...
As dores do reconhecimento são parcelas do total domínio da alma sobre o corpo. É sempre o mais difícil fazer aquilo que os outros não fazem e não imaginam poder existir, um mundo à parte, fragmentos de uma consciência suprema que foi dilascerada para um bem maior, sempre o mais difícil.
É duro, ver o que ninguém mais vê e através dos mesmos olhos, mas, com visões diferentes... Enxergar através do espelho, visualizando um mar repleto de paz...
É ameno sentir a dor em sua intensidade mais leve em vista ao caos, à perda de sentido geral, ao contentamento vazio, à busca pela figura embaçada que exibe seu contorno numa parede em meio a uma penumbra.
Fogo que arde sem se ver, pois as chamas são invisíveis, aos olhos dos trapos encardidos e desumanos...
Sempre, sempre o mais difícil...

Thiago Victor
Enviado por Thiago Victor em 01/09/2007
Código do texto: T633186
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Thiago Victor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Thiago Victor
Pará de Minas - Minas Gerais - Brasil
56 textos (2131 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 08:15)
Thiago Victor