Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FINADOS

Por que finados aqueles que se vão?
Quando viageiros poderiam ser chamados
Na eterna mudança de estágios,
Seres eternos em constante evolução.

Por que tristezas após suas viagens?
Apenas corpos que se transformam,
Em químicos elementos se degradam
E nesta condição com outros interagem.

Formando assim os ciclos das matérias
No cósmico universo infinito
Por que então classificar como finitos?
Infinitos seres transmudados em tantas eras.

Suas lembranças em nós permanecem vivas.
Estão conosco, apenas noutras formas,
Que em nossas percepções não são sentidas.

Pois os que foram nunca se afastaram
Somos apenas suas partes que ficaram
Seu legado genético ficou em nós retido,
Consciências passadas determinaram o não finito.  .

Assim, não somo seres finados.
Somos eternos seres infinitos.

02.11.2005
Tadeu Costa
Enviado por Tadeu Costa em 02/11/2005
Reeditado em 02/11/2005
Código do texto: T66642
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Tadeu Costa
Recife - Pernambuco - Brasil, 73 anos
97 textos (7724 leituras)
2 e-livros (226 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 19:02)
Tadeu Costa