Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Até Nunca Mais

chegaram a ela os adimensionais inconformados
e ela os afugentou virulentamente desumano
uma oferta imunizante se perdeu nos buracos de minhoca
e ela concorreu a concordes com corretas confeitarias
seu doce e infantil dissimulado sorriso pela metade
pois migalhas no canto da boca imploram sanduíches atômicos
animais subespécies prematuros e deuterostomados como nós
com seus celomas imbricados desenfreando a evolução dos macacos
simiescamente ela concatenou antenas parabólicas parafusos
e completou comunicações ininteligíveis inaudivelmente falando
e ela suando acordou do susto adormecido e escureceu
temperamentos temperados tempestivamente
ela incorreu nos mesmos córregos e se afogou
e ela afagou o tempo e dormiu novamente
até nunca mais
Carlinhos Pink
Enviado por Carlinhos Pink em 11/12/2005
Código do texto: T84276
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Carlinhos Pink
Fortaleza - Ceará - Brasil, 53 anos
49 textos (1337 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 00:03)
Carlinhos Pink