Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TRISTEZA

QUERO CHORAR,
MAS AS LÁGRIMAS SECARAM.
TALVEZ SEJA EU QUE QUAL ÁRVORE SECA,
PERDI AS FOLHAS DAS EMOÇÕES.
MEUS GALHOS NUS NÃO SERVEM DE ABRIGO.
ÁRVORE MORTA, MAS AINDA ÁRVORE, INCÓLUME...
A ESPERA DE UMA NOVA ESTÇÃO,
OU DE UM ENXERTO NO CORAÇÃO.
Laura Duque
Enviado por Laura Duque em 28/01/2006
Código do texto: T105315
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Laura Duque
Cabo Frio - Rio de Janeiro - Brasil, 48 anos
294 textos (23186 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 10:13)
Laura Duque