Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quisera Eu

Quando você voltou pela mesma porta que tinha saído
Chegou-se a mim e disse que tudo nós superaríamos
Pediu-me para não me afastar e me abrir novamente
Senti, então, que esta era a hora pela qual tanto havia esperado

Você me olhou nos olhos e às suas lágrimas seu corpo se prendia
Às suas lágrimas eu me perdia nas minhas também
Quisera eu não ter mentido antes para você
E sua falta era que sua presença marcava em mim

Quisera eu não ter amaldiçoado aos céus e seus arcanjos!
Enquanto meu ventre se dilacerava, minha opinião novamente mudava
E nem mesmo o próprio deus me faria pensar diferente

Quisera eu ter achado que tudo valeria a pena
Que encontraríamos o caminho certo, como acabava de acontecer
Quisera eu ter bebido água e não um maldito veneno!
silvio somer
Enviado por silvio somer em 13/05/2006
Código do texto: T155622
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
silvio somer
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil, 39 anos
4 textos (265 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 12:47)
silvio somer