Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CASINHA AZUL

É UMA CASINHA AZUL ABANDONADA.
EM SEU TELHADO VELHOS POMBOS INQUILINOS.

PAREDES DE MADEIRA
COM PINTURA DESCASCADA.
A PORTA CAMBETA A RUGIR SUA DOR
CHORANDO A SAUDADE DOS TEMPOS
EM QUE ERA HABITADA E CHEIA DE AMOR.

NESSA CASINHA OUTRORA, OUVE CANTOS E ALEGRIA.
TINHA CHEIRINHO DE BOLO E CAFÉ FRESCO TODO DIA.
TINHA BALANÇO E CRIANÇAS DE TRANÇAS SOLTAS AO VENTO.
HOJE ABANDONADINHA...
CHORA A CASINHA
E CHORA O MEU PEITO.
Laura Duque
Enviado por Laura Duque em 15/12/2005
Reeditado em 11/04/2011
Código do texto: T86068
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Laura Duque
Cabo Frio - Rio de Janeiro - Brasil, 48 anos
294 textos (23185 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 23:02)
Laura Duque