Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

No começo

No começo

Depois de tamanhas andanças ,
perdidas, na busca de um sonho.
Uma coisa eu não sabia
só a lua me acompanhava
e tinha o sereno como cobertor.

Na juventude, mal entendia eu,
que o meu opositor era o tempo.
No inicio dava-me oportunidades
e aguardava friamente minha velhice.

Companheiro falso, amigo dos dias tenebrosos,
que esperou-me pacientemente.
Enquanto eu me iludia , cego
por uma vida de ilusão
tramava a minha solidão.

Amigo falso cobria-me de zelo ,
vaidade prepotencia e hoje me desprejas ,obriga-me
a recomeçar novamente.

Pagar-te-ei vendo te passar
fazer e desfazer é tua sina .
Enquanto tú cumpre o teu destino que também será a
extinção.
Comendador Carlos Donizeti
Enviado por Comendador Carlos Donizeti em 21/01/2006
Código do texto: T102054
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Comendador Carlos Donizeti
Hortolândia - São Paulo - Brasil, 58 anos
135 textos (4261 leituras)
12 áudios (448 audições)
6 e-livros (568 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 08:29)
Comendador Carlos Donizeti