Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O pão do poeta é poesia




Poeta é menino bobo de pés no chão
Poeta mora em castelos suntuosos
e em casebres de chão batido.
Poeta tem sempre esperança mesmo quando desespera, poeta sempre espera...
Poeta é homem da lua, da rua, dos bares e botequins.
Um poeta nunca é ruim!
Poeta sofre de dores intensas, pungentes, purulentas:
Poeta nunca se cura
Poeta viaja o mundo num segundo de sofreguidão,
Mas sempre volta de alma cheia aonde mora o coração.
Poeta é casado com o dia e amante da noite
O poeta vive o açoite quando dorme em cama vazia
Um poeta nunca morre adormece nos braços da poesia.

lelé
Enviado por lelé em 12/02/2006
Código do texto: T110929
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
lelé
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 52 anos
6 textos (132 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 17:59)
lelé