Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Humano. Nada mais.


Sobre mim, tenho pouco a dizer.
Sou um homem.
Humano e nada mais.

Em mim, possuo e sinto todas as etnias,
miscigenadas,
todos os sorrisos e lágrimas...
Sou o velho que vende bilhetes de loteria
e carrega nos ombros placas de propaganda
onde se compra e vende ouro, metal de cor desconhecida,
um tal amarelo de muito valor.
Um menino de pele encardida
que cala o ronco da barriga vazia com vícios
e de pés no chão já sem sonhar em como poderia ser a vida
(que vida?).
Sou um rei bufão
que lança ao povo os restos de um banquete.
Uma prostituta...
que queria estudar e ser artista.
Um padre de alma benta.
Uma dona de casa feliz e que canta
enquanto lava a louça e pensa por qual quarto começará
a diária faxina.
Uma criança...
que tem como armas um par de olhos pedintes
que dizem a qualquer pessoa muito mais que frases bem elaboradas
e um sorriso que, se bem observado,
valeria por um definitivo armistício.

Nessas veias vai a galope um sangue de inúmeros tons culturais.
De tons pastéis e outros gritantes.
Vermelho de todas as cores.

Sou uma sociedade, um estado, um país, um continente,
um Universo...
Sou diferente.
Assim como todos os outros
e mesmo como você, que agora está aqui a ler.
E é nessa diferença que nos fazemos únicos
e iguais.

Sobre mim, não tenho mais nada a dizer.
Sou um homem.
Humano. Nada mais.

...
Félix Calvino
Enviado por Félix Calvino em 17/03/2006
Código do texto: T124546

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (CALVINO, Felix. "Título do Texto". São Paulo. Disponível em http://www.recantodasletras.com.br/autores/felixcalvino.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Félix Calvino
São Paulo - São Paulo - Brasil, 40 anos
14 textos (2053 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 13:37)
Félix Calvino