Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TODOS NASCEMOS POETAS


Todos nascemos poetas,
Tal como nascemos seres humanos.
Mas a vida traça-nos destinos
Que parecem ir além das nossas forças,
Além dos nossos limites.
E o poeta que existem em nós distancia-se:
Ou foge, ou adormece, ou morre.
Mas um dia,
Sem que nada o pareça justificar,
Esse ser estranho
Que fugiu, adormeceu ou morreu,
Respira fundo e renasce para a vida.
E então, escudado pelas forças vitais,
Adquire a energia que já nada pode deter.
A sua pena,
Não mais parará de escrever palavras
Com aromas de rosas encantadas;
O seu coração,
Não mais parará de bater,
Ao compasso da música cósmica;
E a sua alma, finalmente liberta,
Não mais deixará de crescer
Rumo ao seu Destino!
HENRICABILIO
Enviado por HENRICABILIO em 18/03/2006
Reeditado em 05/09/2009
Código do texto: T125107
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Áudio
Todos nascemos poetas - HENRICABILIO
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
HENRICABILIO
Caldas Da Rainha - Leiria - Portugal, 55 anos
573 textos (246110 leituras)
20 áudios (22296 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 06:19)
HENRICABILIO