Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A História do Tato

Conhece o tato?
Marido da Tata?
Daquele retrato?
Perdeu o contato
Subiu pelo teto,
caiu com a cuca no taco
Feriu o coco,
ficou aos cacos
Pobre tato
Como chorou
Tanto tempo
Uma poça criou
A Tata, de tola
Deu um tapa no Tato
Que caiu com a cara
Na cama de casa
Pobre Tato
Como Chorou
Tanto tempo
Uma poça criou
Disse Tato
Tu não é mais meu tipo
Cai fora, te toca
Tata, amor bandido
Pobre tato
Tua casa caiu
Tua cuca aos cacos
Tua dona partiu
E a tarde no trampo
Tato até que tentou
Mas a dor era tanta
Que o dia dispensou
Pobre Tato
Tão tolo
Rasgou o retrato
Tocou o carro
Caiu no Barranco
Capotou e caiu
Tato subiu o telhado
Tato desceu 7 palmos
Pobre Tato
Tempo perdido
Tanta coisa
Tanto tempo
Tudo em vão
Tadinho
Logo tarde
Tata soube da tragédia
Pobre Tata
Como chorou
Tanto tempo
Uma poça criou
Tragou um cigarro
Tocou seu trompete
Olhou para o teto
Depois para o taco
Lembrou do tapa
Fechou a casa
Toucou o carro
Caiu o barranco
Capotou e caiu
Tata subiu o telhado
Tato estava a te esperar
E essa tragédia nos trás
Um tesouro pra guardar
Trate bem também
Quem te quer bem...
Iaiá Correia
Enviado por Iaiá Correia em 24/03/2006
Código do texto: T127992
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Iaiá Correia
São Paulo - São Paulo - Brasil, 35 anos
23 textos (1570 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 06:19)
Iaiá Correia