Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FLÔR DE PRIMAVERA

Quando a primavera soprou no amanhecer
Olhei ao meu lado e não vi você.
A saudade brilhava nos meus olhos
Como o sol nascente,
Ardia no meu peito a falta do teu abraço.

Onde está o perfume daquela linda flõr?
Meu jardim ainda te espera
A cada dia renasce o amor
Ter você comigo, quem dera.

Não sei se você vem
Mais no meu rio você ira beber
Nadar nâo sei!
Viver esta paixão, te dou um nome.
Flôr do meu jardim.

É primavera, é a primeira vez
que meu sonho não é flôr
É noite fria no meu coraçao
É a saudade abraçando a dor
Meu mundo sem voçê
É canção que não fala de amor.
Mathias Filho
Enviado por Mathias Filho em 01/04/2006
Reeditado em 13/04/2006
Código do texto: T131941
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mathias Filho
São Paulo - São Paulo - Brasil
5 textos (235 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 18:46)
Mathias Filho