Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Completo

Completo

Ai do poeta
Todo audaz na janela
Tentando doces olhares
Virginais. Pobre donzela!

Mal sabe de seus amores,
Mal colhe a voz do vento.
Debruçado na esperança
Declina saudoso alento.

Ai do poeta,
pobre louca da rua.
Da tabuleta a home page
O verso lacrimejado,
Dolosa valsa ao relento.

Se na calçada da vida
Não embebeu alfabeto
Pois que da vida calçada
Poetas não levam nada
Nada mais que um ai
Completo.
Gauto
Enviado por Gauto em 13/04/2006
Código do texto: T138541
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Gauto
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil
112 textos (4064 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 15:54)
Gauto