Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UM DETALHE APENAS

Desde de que nasci
Tudo que sempre quis ser
Era alguém especial

Não extraordinário, famoso ou milionário.
Apenas um pouco além do normal
Diferente do comum
Mas nem de longe um esquisito extravagante

Na adolescência essa vontade cresceu
Meti-me no esporte e na música
No teatro e até em política (!)
Em se tratando dos dois primeiros
Meu talento era praticamente nulo
No caso dos dois seguintes
Um para mim foi sensacional,
Excelente exercício e sublime terapia
Já o último (argh!), que coisa infernal.
Melhor pular esta parte, por tudo o que vi.

Contudo ao passar do tempo
Descobri-me um cara alegre e engraçado
Para tudo havia piada,
Era aquele que a todos divertia
Mas depois que todo mundo cresce
Quase ninguém se empolga,
Com a graça do "palhaço", fora do picadeiro!

Diversas oportunidades desperdicei.
Tenho consciência disto
Por muitos caminhos andei
Sem saber para onde ou porque ia
Mas "aquela" vontade do início
Nunca me abandonou
Agora exatamente sei
O que desde o útero materno queria

Nada de fãs, autógrafos e admiradores.
Muito menos, luzes ou interesseiros bajuladores.
A minha real vontade é,
De ser único para quase ninguém
Somente de uma parcela ínfima
em qualquer "contagem" populacional

Porque se para apenas UMA pessoa no mundo
Eu for, verdadeira e sinceramente, ESPECIAL
Minha passagem por aqui já teve uma razão de ser
E apesar de tudo por que passei e
das inúmeras bobagens que cometi
Tudo terá valido a pena no final
Pois, para esta pessoa nunca serei
Um detalhe apenas
E, para ela sim, eu realmente fiz a diferença.
Fernando César Marq
Enviado por Fernando César Marq em 19/04/2006
Código do texto: T141907
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fernando César Marq
São Paulo - São Paulo - Brasil, 46 anos
10 textos (753 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 07:45)
Fernando César Marq