Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DEIXE-ME CONTENTE... TENTE ME ENTENDER

DEIXE-ME CONTENTE... TENTE ME ENTENDER
Marcial Salaverry

Se sinto, é porque consinto,
embora não esteja com cinto...
E se sinto muito, é porque pressinto
o que iria sentir... Embora sem ti...
O que senti sem ti, não tem sentido,
porque só foi pressentido,
e dizer que isto não faz sentido,
porque não foi consentido,
deixa tudo sem sentido,
e a mim, sem sentidos.
Sentiu o drama?
É questão de mente,
saber não ser de mente demente,
ou será que somos dementes de mente...
Quem nos desmente?
Aquele que nos diz... mente.
Se eu capto a mente,
serei um mentecapto?
Espero responder a contento,
pois eu me contento,
sabendo-a contente, e com tento
para responder...
Tente, e marque um tento...
Seja um portento...
Prometo que, por tento marcado,
com bastante tento, tentarei te premiar a contento...
Com tento, faça algo a contento, e ficaremos contentes...
Sem pressa... Com pressa, apenas uma compressa
se estiver com dor, e não for um condor...
Beijos, senão disparo, e se vc não diz para, não paro...

Marcial Salaverry
Enviado por Marcial Salaverry em 19/05/2006
Código do texto: T158925
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcial Salaverry
Santos - São Paulo - Brasil, 77 anos
19856 textos (1962849 leituras)
3 áudios (855 audições)
6 e-livros (2134 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 02:39)
Marcial Salaverry