Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Apenas palavras de amor

  Sentado à beira de uma escrivaninha, tentava expressar sentimentos que me sorvessem a alma e libertassem meu coração. Abria e fechava meus olhos, buscando a tal inspiração perdida, ou reviver lembranças que me despertassem o espírito.
  Após algumas tentativas, tentei simplesmente escutar uma canção. Nos primeiros toques da melodia, comecei a me infiltrar em cada nota tocada, em cada frase cantada. Comecei a libertar-me de minhas amarras que prendiam minhas emoções. E, imediatamente, imaginei o amor.
  Mas como imaginar o amor, algo tão amplo, tão complexo para um ser humano poder imaginar? A personificação desse amor eu encontrei em minha musa.
  Mas uma musa, ser tão perfeito, muitos acreditam não existir. Todos acreditam não existir, mas acada um possui uma musa em seu coração. A pessoa perfeita para si próprio. Aquela que com um olhar consegue enxergar todo o seu interior, com um toque faz com que todo o mundo desapareça, e com um simples olhar consegue desmontar qualquer tristeza, qualquer instante de fraqueza de espírito.
  A música ia levando-me ao longe, e eu ia sentindo mais forte a presença daquele ser superior, me prendendo cada vez mais aos seus raios que me confortavam, que me faziam sentir submisso ao sentimento mais nobre de todos: esse amor que eu tanto buscava.
  E as palavras iam saindo, e as notas iam soando pelo ar, e minha musa se aproximava mais e mais de mim. Mas nenhuma canção é eterna, nenhuma nota consegue soar para sempre. E a canção foi se desfazendo, e a luz foi desaparecendo aos poucos.....
  Como manter aquele encanto, aquela sensação única do sentir, a cada segundo do meu viver?
  Concentrei-me, e escutei as batidas de meu coração. Sim, ele batia compassadamente, e fazia soar uma melodia suave, que somente eu escutava. Nessa melodia soava minha vida, e esse mesmo soar me traria de volta minha musa. Simplesmente porque a melodia mais maravilhosa de nossas vidas está em nosso coração, e nesse bem precioso podemos guardar quem nós quisermos, e trazer de volta qualquer instante especial.
  Então, cada vez que quero trazer à minha realidade minha musa e pensar no tão sublime amor, apenas me concentro e escuto meu coração.
  São apenas palavras de amor. Apenas uma melodia. Apenas isso.
Out of the blue
Enviado por Out of the blue em 22/05/2006
Código do texto: T160465
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Out of the blue
Salvador - Bahia - Brasil, 34 anos
9 textos (400 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 22:09)
Out of the blue