Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


NO SILÊNCIO DO MEU QUARTO
NESSA QUIETUDE ME REPARTO
PROCURO OS BRAÇOS  TEUS
OH! MEU SENHOR E MEU DEUS!
SENHOR...DÓI A VIDA
COM TANTAS PARTIDAS
VINDAS....IDAS
ETAPAS PERDIDAS
ESTRADAS PERCORRIDAS
DEIXADAS AO ACASO
TRILHAS INTERROMPIDAS
POR DECORRÊNCIA DE PRAZO....
TANGIDAS PELO TEMPO..

O TEMPO...A SE ESCOAR
E A LEMBRAR A FERIDA
DA CONTINGÊNCIA A SANGRAR
A VERTER A VIDA
DEIXANDO RASTROS
DE TANTOS FRACASSOS....

MEU SER ANGUSTIADO
EU TRAGO A TI,NESSE DIA
QUE FINDA CALADO
DIA,QUE PASSOU AO LADO...
MAIS UM DIA
QUE A HUMANA INDIGÊNCIA
SUAS MAZELAS DESFIA
ANTE A AMARGA CIÊNCIA:
UM DIA....OUTRO DIA...
E EU DE MÃOS VAZIAS.

VENHO A TI AMADO
SÓ TU ME CONHECES
DE TODOS OS LADOS
E QUANDO TUDO FENECE,
CONTINUAS AO MEU LADO...

POR ISTO NESTA HORA
MEU SER IMPLORA
À TUA DIVINA BONDADE
SOCORRE A HUMANA ORFANDADE
ORFANDADE DE:
AMOR
SENTIDO DE VIVER
SENTIDO DO SOFRER
AMAR
MORRER!
COMO ESTE ENTARDECER
PRECISO RECOLHER
AS ESTRELAS
QUERO VÊ-LAS,
A NASCER DE TUAS MÃOS
E ASSIM SERÃO
LUZ NA ESCURIDÃO!


Teca
Enviado por Teca em 02/06/2006
Reeditado em 26/11/2007
Código do texto: T168066

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (citar a autoria de Teca e o site www.recantodasletras). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Teca
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil
1121 textos (122852 leituras)
5 e-livros (1459 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 21:18)
Teca

Site do Escritor