Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fragmentos de sonhos...

Fragmentos de sonhos...

Delasnieve Daspet

 
Com um olho na janela outro na maleta aberta,
Arrumava tudo meticulosamente,
Com precisão matemática,
Assim como se nunca mais fosse retornar...
 
A noie chegou de mansinho,
Toldando o azul de negrume,
A lua se escondeu,
Fixei  o olhar no teto,
E curtindo a dor,
Contava o tempo.
 
 
A vida segue...
Andei por campos verdes, verdes campos,
Em estrada que se insinuava  suavemente,
Onde a lua minguante se esgueirava,
E um sol-por amarelo doirado chegava de mansinho,
Entres sorridentes e solitárias  nuvens,
Que, esplendidas,  voavam pelo céu...
 
Indiscritível a Criação!
Mas em meu interior, num calesdoscópio,
Sem fronteiras,  vi que sobraram os sonhos,
A sobraçar-me...
Envolvendo, com os braços, o imenso vazio
Do vento que anda e que toma conta.
 
Devaneios...
Fragmentos de um sonho mal começado...
Campo Grande-MS, 2 de junho de 2006.
Delasnieve Daspet
 
 
 
Delasnieve Daspet
Enviado por Delasnieve Daspet em 03/06/2006
Código do texto: T168476
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Delasnieve Daspet
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 66 anos
654 textos (28484 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 10:34)
Delasnieve Daspet