Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DO DESPREZO AO AMOR
Evaldo  da  Veiga


Faz muito tempo, eu tinha em torno dos vinte anos
quando li " Dali falando de Dali", o título era
mais ou menos este.
Era um livro escrito por Salvador Dali falando dele mesmo.
Falava em ouro, muito ouro, muita riqueza.
Muito ornamento em seu palácio e já nem
sei bem do que ele mais falou.

O que retive foi muito bem material que não foi digerido
por meus sonhos ideológicos de esquerda jovem,
sem entendimento do mundo em outras nuanças.
Fora da igualdade nada feito, foda-se o capitalismo,
assim eu pensava, eu era assim.

O tempo foi passando, um bom tempo e nem tanto,
porque já aos vinte e cinco  anos eu amava o Dali.
Com um amor banhado de gentileza que me permitia
não notar o que não me agradava ver,
e ver tudo, bem em essência mesmo, o que
animava minha alma, e era muita coisa...

Eu tinha o Dali pra me ofertar beleza.
Tudo que eu queria de lindo e comovedor em arte, o Dali ofertava,
era ele quem me despertava uma atenção meiga,
que acariciava.

Fui indo ao encontro do Dali e descobrindo
o que o realimentou, o que ele sentiu , sentia, sua outra essência bela,
a que ia após ou tinha chegado antes
da esplendida obra primeira,  ou do magnífico conjunto de obra.

No amor por sua Musa, Gala, me derreti em aplausos e me
preparei pra o início de um dia amar e curtir uma mulher,
verdadeiramente...

Só que a dosagem do remédio Dali foi muito alta,
amei muitas mulheres, um tanto além do que devia.

Sei hoje, que amar é cuidar, protegendo e contemplando,
admirando e usando, na mais leve
e extremada emoção, pois o bem só tem verdadeiro valor se usado...

Amor homem / mulher,
delicadeza na alma e no corpo, aquele outro lindo prazer,
que emerge do mais Santo  e Puto Tesão.

N - Imagem, Tela do Salvador Dali

www.recantodasletras.com.br/autores/evaldodaveiga


evaldodaveiga@yahoo.com.br
Evaldo da Veiga
Enviado por Evaldo da Veiga em 15/06/2006
Reeditado em 18/06/2011
Código do texto: T175776

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Evaldo da Veiga
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 73 anos
952 textos (313599 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 16:36)
Evaldo da Veiga