Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Buscante

Busco teu silêncio nessa cidade que nunca dorme,
E vivo buscando a respostas dentro da minha mente.
Vejo um briga imensa da inocência do meu coração contra a maturidade da minha razão
E assim passo a não acreditar mais em nada, que não parta da dor e dá sorte.
Fico perguntando a todos e a mim mesma onde estais.
E pior se as nossas almas ainda viverão.
Busco o teu gosto e vivo a te desejar, procuro o sentido de sentir-me viva como da primeira vez em que me olhastes.
Quero voltar a correr pelos caminhos que trilhei desde o dia que escutei o teu chamado.
Porque preciso perde-me e ver se me encontro dentro de ti, para novamente encontrar a tua pele.
Procuro este caminho, rodando pelo mundo de amor.
Busco-te nas minhas recordações, e em tudo.
Não te acho naquilo que chamo de meu.
Por isso quero o teu ar, porque preciso respirar por ti, com tuas narinas e sentir-me viva, como no dia do meu primeiro sopro vivente.
E assim, volto-me ao avesso de ter-te, entre a insensatez da minha razão, e a madurez do teu coração.
E sigo, pelos teus passos, somente buscando e querendo o teu amor.
Sofro o borbulho da realidade, e renasço entre cinzas da esperança.
Neudja Cordeiro
Enviado por Neudja Cordeiro em 20/06/2006
Reeditado em 28/03/2012
Código do texto: T179336

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Neudja Cordeiro
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 45 anos
7 textos (334 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 10:15)
Neudja Cordeiro