Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Meus versos


Meus versos

Se bater uma tristeza danada
Malquiser te judiar
Relembra-te, o riso doce, minha amiga
Que logo essa tristeza passará
Sem dúvida essa vem calada
Parece te amargurar
Meus versos sinceros, te acalentará,
São fáceis de acreditar
Se a solidão malvada tentar te dominar,
Tentando te ameaçar
Lembra-te, que te adoro,
Sozinha não vais ficar
Se a carência invades
A cada noite aumentar
Sonhe, com anjos indo te confortar
Se a distância indesejada
Leva sempre a sonhos ruíns
(Re)sonha,com os anjos,
Estes anjos, irão te encontrar
Por que estes sempre estão com você
Andradep
Enviado por Andradep em 23/07/2006
Código do texto: T199838
Enviar por e-mail
Denunciar

Sobre o autor
Andradep
Portugal
90 textos (4930 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 16:40)
Andradep