Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Retalho da vida

          Prosa poética


 Andei por todos os caminhos...
 Ao longo da minha caminhada, encontrei espinhos
Que me machucaram devagarinho... devagarinho...
Sangrando a carne, despedaçando os sonhos, mutilando a vida.
Mas encontrei rosas também, que perfumaram as feridas,
Deixando uma pétala em cada cicatriz...
O seu perfume foi bálsamo que aliviou a dor e resgatou os sonhos
E uma suave fragrância se espalhou pelos meus dias.
Não desisti da caminhada, porque o amor renasceu da dor,
Construindo sonhos, destruindo pesadelos.
Prossegui com garra e aqueci meus dias com a chama da esperança e com a luz da imaginação. As noites insones, transformei-as em oração de fé, confiança e alegria.
Fiz da vida uma canção de paz, amor e harmonia.
Revigorei o ânimo, restaurei a calma: confiando, acreditando e amando.
Estou de pé, firme nos meus propósitos de ser sempre melhor.



Mena
Enviado por Mena em 09/08/2006
Reeditado em 09/08/2006
Código do texto: T212440

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mena
Brumado - Bahia - Brasil
539 textos (113492 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 11:55)
Mena