Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

                                 VERDADE OU MENTIRA 


O poeta inventa muita alegria onde não há, é fato, mas também chora demais um amor que deveria ser apenas sorriso. Por que isso? Sei lá, apenas encanto desses corações sensíveis a tudo e a todos. Sonhadores por natureza criam de tudo a seu bel prazer, fazer o que? É tão lindo sonhar com eles, não é não? Mais ainda tentar imitá-los, fanzendo-nos poeta também e nos unindo nessa teia de intrujões, instigante, de amar o desconhecido e traduzir emoções tantas. Somos todos poetas do desconhecido, simples amantes das verdades anônimas..., Parece estranho e contraditório? Por que não? Qual poesia não se atrapalha com um olhar crítico, mas sem contemplação? Qual poesia não some ante a mesquinharia dos não amantes? Por isso o poeta inventa o inexistente tentando criar a verdade por antecipação em quem não entende 
um mínimo de consideração ao sonho.
Jose Carlos Cavalcante
Enviado por Jose Carlos Cavalcante em 09/08/2006
Reeditado em 09/08/2006
Código do texto: T212614
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jose Carlos Cavalcante
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 56 anos
730 textos (54065 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 16:44)
Jose Carlos Cavalcante