Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Assombrações

Assombrações
As sombras e as canções
As sombras e as ações
Cada um na sua
Cada um no seu
Qualquer um na de ninguém.
As vozes, almas penadas,
Os sonhos, corpos celestes,
As mãos, bálsamos ou armas, conforme usadas
quem me dera ter o poder, a vontade
Quem dera minha voz na noite,
Pudesse ser a arma empunhada,
Enquanto cantasse um fado
Tornasse sonhos reais
As sombras ficassem claras e se tornassem vida...
E, vida, valesse mais.
nádia estrela
Enviado por nádia estrela em 11/08/2006
Código do texto: T214208
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
nádia estrela
Torres - Rio Grande do Sul - Brasil
86 textos (2050 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 12:12)
nádia estrela