Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

No meio do mato

Tenho tudo a jeito! O colchão, os cobertores! Hoje é que vai ser o grande dia! Só nós os dois! Mal posso esperar! Só me falta um detalhe, não sei se no mato, se na praia. Na praia tem muita gente a olhar. Talvez no recato do mato! Seja onde for vou-te estrear! Hum! Até já estou imaginar, tu ali no chão , á minha espera, toda aberta para mim! E eu aos poucos entrando, entrando dentro de ti! Aiiii! Ainda me lembro da ultima vez que lá fui...ao mato... com a outra é claro! Não leves a mal, mas não és a primeira. Mas gosto de ti da mesma maneira. Aliás, gosto até mais! Ah, já te disse como és linda por demais? Que te quis assim que te vi! Que simplesmente não consigo tirar os olhos de ti? Nao estou aguentando, vamos já, tem que ser já, agora, sem demora! Pera, só ver se não esqueço de nada. Hum...Deixa ver... Papel e caneta... violão... cobertores e colchão... e tu! Minha tenda!

Moral: A maldade está aos olhos de quem a lê!
TrabisDeMentia
Enviado por TrabisDeMentia em 17/08/2006
Reeditado em 17/08/2006
Código do texto: T218773
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
TrabisDeMentia
Portugal, 39 anos
54 textos (2527 leituras)
3 áudios (469 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 08:30)
TrabisDeMentia