Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CURTA METRAGEM

Os candeeiros seguram a luz mas os raios ultrapassam o vidro da tua direcção.
Caminho na linha do brilho que se define no cimento da rua da nostalgia.
As casas que me envolvem são fragmentos distantes de presenças ausentes.
Nas janelas os canteiros floriram olhos sedentos de vidas alheias.
Nas cordas estão pendurados extractos de intimidade lavados e perfumados.
Quantos retratos da nossa rua tiramos nas tardes perdidas da cidade?
As revelações são estampagens imperfeitas de sedução intranquila,
São momentos a preto e branco no filme colorido do cinema do paraíso,
É uma curta-metragem que termina no primeiro take dos teus olhos.
Mónica Correia
Enviado por Mónica Correia em 20/08/2006
Código do texto: T221204
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mónica Correia
Portugal, 44 anos
50 textos (2797 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 04:17)
Mónica Correia