Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Linda Rosa

 
Este era o seu nome
e por onde passava
todos admiravam sua beleza
 
Vejam como é graciosa
seu andar tão insinuante
sempre bem vestida
e seu perfume delicioso
 
Encantadora à vista
a visão de Linda Rosa
logo se decantava
quando a sua timidez
lhe travava a fala
 
E durante muitos anos,
sem amigas nem namorados
foi ficando cada vez mais triste
 
Cuidara tanto da aparência,
mas esquecera de outras coisas
deveras importante
 
Vencer o medo de se expor
falar aquilo que pensava,
ser ela mesma
 
Já entrada nos cinquenta anos
conservava ainda a beleza,
mas permanecera solitária
 
Encontrei Linda Rosa num baile
sentada apreciando os pares
as mãos postas no colo
 
Percebi do outro lado
um olhar fixo e um aceno
que chamavam a flor para a dança
 
Sacudi o seu braço espantada
e lhe disse: - veja alguem quer dançar
 
Ela me olhou e respondeu
- Fazem anos que ele me acena,
mas nunca tive coragem de aceitar...
 
PAREM O BAILE...gritei!!!
 
- Por favor minha gente...atenção!
É chegada a primavera...e temos aqui
um jardineiro à procura de uma Linda Rosa
que viveu escondida em si mesma todos estes anos...
 
É chegada a hora do encontro!!!
Essa hora sempre chega na vida de todos nós!
Bendita hora!
 
Aplaudidos, ambos principiaram
a dançar Fascinação, com um sorriso nos lábios,
olhos nos olhos, aquecendo o coração!

Santos, SP / 20/08/06
Guida Linhares
Enviado por Guida Linhares em 23/08/2006
Código do texto: T222998
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Guida Linhares
Santos - São Paulo - Brasil, 70 anos
1939 textos (158425 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 02:42)
Guida Linhares

Site do Escritor