Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nascidas de mim

NASCIDAS DE MIM
JAÍRES BATISTA LIMA
Definição

Contato:
Início, meio, fim, alegria, nostalgia, poesia.
Início:
Surpresa, amizade, maravilha, ilusão, fé.
Meio:
Virtual, mensagem, telepatia, pensamento.
Fim:
Despedida, sentimento, saudade, certeza.
Alegria:
Diálogo, acesso, resposta, reciprocidade.
Nostalgia:
Tristeza, angústia, saudade, vida.
Poesia:
Flores, perfume, esperança, encanto.
Surpresa:
Situação, encontro, realização, desencontro.
Amizade:
Emoção, paixão, ternura, esperança.
Maravilha:
Formação, viagem, conhecimento, libertação.
Ilusão:
Vaidade, paixão, equívoco, ciúme.
Equívoco:
Amor, paixão, realização, vida.
Vida:
Esperança, angústia, felicidade, delírio.
Felicidade.
Aventura, sonho, magia, desafio, Serpa, fim.

JAÍRES BATISTA LIMA
O mundo e as coisas

Coisas boas:
Amizade, alegria, liberdade, felicidade.
Coisas tristes.
Despedida, desilusão, solidão, saudade.
Coisas belas:
Pôr-do-Sol, flores, mar, cores, poesia.
Coisas ruins:
Violência, fome, guerra, sofrimento, dor.
Coisas feias:
Falsidade, inveja, injustiça, mentira.
Coisas subilmes:
Aprendizagem, arte, professor, aluno, autonomia.
Coisas antagônicas:
Erros, acertos, perdas, ganhos, tristezas, alegrias.
Coisas enigmáticas:
Sonho, natureza, pensamento, universo, morte, vida.
Coisas inesquecíveis:
Infância, família, encontro, Serpa, Jai.

JAÍRES BATISTA LIMA
Amor à Irecê

Oh! Minha linda Irecê
Como é belo o teu luar.
Como posso te esquecer
Se em ti vivo a pensar?

No solo desse lugar
Vive um sonho de grandeza
Vive um povo a sonhar
Com a colheita da certeza.

Tuas ruas são um mar.
E tuas tardes singelas
São as flores num pomar
De mil poesias em aquarelas.

Amo-te Irecê, índia, rainha.
Terras sobre a água límpida
Águas sob o fértil solo, lenda ainda.
Colossal cidade, soberana, impávida.

Sonho mais lindo, Irecê.
Tu és dos teus filhos,a alegria mais desejada,
Angústia dos que não conseguem esquecer,
Quando ausente estão de tal paisagem amada.

Cidade bela em forma de canção.
Flores de um Sol de primavera
Pôr do Sol do mais branco verão
Assim és tu, meu amado torrão.

Ruas arborizadas, alamedas, o presente.
Pequenas orgias acadêmicas, futuro?
Grande promessa de sucesso.
Irecê, um futuro que se tornou presente.









Jayasmim
Enviado por Jayasmim em 27/08/2006
Reeditado em 07/03/2011
Código do texto: T226408
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Jayasmim
Irecê - Bahia - Brasil
30 textos (9523 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 16:32)
Jayasmim