Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

IMENSIDÃO

Planeta azul,
Na beleza da cor,
Que visto do alto
Aumenta em vigor,
Nas planuras dos campos,
Um duro labor

Um grito à esperança,
Renasce a vida
Plantaste raízes
De luta e amor.

Mas tu emudeces,
Nada mais cresce,
Então te plantaste,
Já desperdiçaste.

Em cada touceira
Da planta que aflora,
Abrindo caminhos,
Artérias no chão.
Guerreando com o mundo
E as mãos perigosas,
Arrancam o que plantas,
Tudo às escondidas,
Fazendo sangrias
Em nosso planeta,
Irado com tudo,
Alardes em trombetas
E o amor mais profundo
Todos jogam fora.

Vai, luta por vidas
Com mãos calejadas,
A utopia se foi...
...não existe mais nada.

Mas o que sobrou?
Hoje é concreto.
Vem lute comigo!
O futuro é incerto.

Acorda para luz e segue esta estrada,
Na busca incansável da paz do UNIVERSO.
Sebastião Bronze
Enviado por Sebastião Bronze em 06/09/2006
Código do texto: T234350
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sebastião Bronze
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 56 anos
72 textos (4061 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 16:25)
Sebastião Bronze