Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

** PRESERVANDO A NATUREZA **



Naquela fazenda
Bem na beira da estrada
Tem um grande tesouro
Não somente invernada
Lá tem frutas, hortaliças
Tem pupunha, tem café
Tem a casa da sede e
Uma casinha de sapé;
Lá eu vejo, lado a lado
Dois jeitos de cultivar o chão:
O que utiliza inseticidas
Aplicado até por avião
E o outro, que maneja o solo
Sem desprezar a razão;
De outro jeito eu quero até explicar
Para melhor se entender o meu falar
Eu vou usar de certa franqueza
E com meus versos, vou mostrar
Quem destrói a natureza
O primeiro, desde os idos de quarenta
chamado de convencional
O segundo, desde o princípio
orgânico, ecológico
Muito mais racional
Com aquele cultivo, aconselhado
Por profissional aprimorado
Na arte da destruição de solos
Da contaminação de banhados
Contaminam nosso terra, nossa
Fauna, flora, nossos rios...e
Com alguns gramas de cristais
Deixam sem refúgio  peixes
aves e  indefesos animais...
vamos, pois, cultivar nossa terra
Não de forma bruta e irracional
Vamos colher dela não só o grão
o tomate, a laranja e o limão...
Vamos preservar, sim, não só as
Florestas do nosso grandioso quintal
mas, aqui e além fronteiras
conclamar que se
Preserve a natureza
Universal.
Samuel Mendes
Enviado por Samuel Mendes em 15/09/2006
Código do texto: T241175
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Samuel Mendes
Piratininga - São Paulo - Brasil
12 textos (589 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 18:16)