Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema em Prosa

És tão aconchegante que qualquer idéia de deixar-te parece-me mais um martírio a redenção.

Teu corpo é algo como um oasis no deserto inóspito do teu ser (que mostras).

Tens calma e pudor, e ira e ódio. E teus olhos sufocam aqueles que os desafiam.

Se tens tanto do que preciso e tão pouco tenho em lucidez, dai-me então a treva dos teus olhos, a prisão de teus abraços, a palidez macia da tua pele no oasis do teu corpo, e deixe que eu enfeite teu ócio mágico.
Tiago Inforzato
Enviado por Tiago Inforzato em 19/09/2006
Código do texto: T243741

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Tiago Knoll Inforzato). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Tiago Inforzato
Umuarama - Paraná - Brasil
84 textos (34759 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 15:32)
Tiago Inforzato