Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A tarde



A tarde expira lentamente e
penso em você.
Penso em tudo que fomos e
talvez não voltemos a ser.
Nessa hora em que o sol lança
pela terra seus últimos clarões.
Nessa hora em que alguém
volta para os braços de alguém.
sou alguém sem ninguém
que espera incessantemente
por você.
Você que muitas vezes
deu-me seu amor, numa
sensação pura de sentimento
e carinho.
A tarde chega de mansinho
e com ela nossa ternura,
nossas canções, nossos corações...
Imbuídos num desejo imenso
de estarmos lado a lado,
passo a passo, caminhando
em busca do nosso ideal.
Amarmos cada vez mais para
cada vez menos ficarmos longe
um do outro.
Brilha o sol, lampejos mais brandos vão caindo,
anunciando a chegada da noite.
Já não brilha como antes, pois o crepúsculo
da tarde inspira um novo aspecto do dia.
Devagarzinho a noite vai chegando
e permenece em meu ser,
vem saber se ainda te amo.
E... Apesar de estar só, sem você,
de manhã ela irá embora,
feliz porque sabe que não te esqueci
e que ainda te amo muito e sempre te amarei.
Chega um novo dia, uma nova tarde...
“A tarde que te amo tanto”
aramilga
Enviado por aramilga em 25/09/2006
Código do texto: T249115
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
aramilga
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 61 anos
8 textos (371 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 03:57)
aramilga