Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A rosa e o espinho. A long time a go...

a formula secreta...
Enquanto a preocupação da Elite Cientifica é ocupar-se com a formação do Universo,eu me preocupo com os espinhos das rosas.
Há muito tempo , quando a tartaruga
era um gigante por excelência
e uma ruga,
não tinha importãncia.
As flôres eram  consumidas
como alimento,
 nasciam livremente em todos os campos
e nenhum homem
se julgava dono ,
da beleza.
A beleza era natural,
não era elaborada tampouco admirada,
era a propria essência da vida.
Não existia  espelho e assim,
a idéia que se tinha da vida era a que se via.
Sem subterfugios e adôrnos
a vida era perfeita.
Hoje, quando vejo uma Rosa cultivada,
majestosamente cuidada
tendo sua beleza consumida
atravez do valor e
não do que significa na vida
paro a refletir.
Se o que se consome é apenas a rosa,
e sua  beleza o que acontece com os
espinhos que a protegeram
enquanto sua vida estava em formação?
Com certeza o consumo da beleza
é futil,
e, transforma em inutil
aqueles que trabalharam durante toda uma vida
para a sobrevivência de uma rosa,
e que por isso viveram como espinhos...
Mas, é certo isso? determinar padrões e segui-los
como se fossem uma bula quando sequer
nos entendemos sobre as teorias de onde viemos?
E, concluo;
Somente a sapiência do Criador é capaz
 de entender a amplitude de sua obra...
É por Deus que existem os espinhos que protegem as rosas...
 
léalson
Enviado por léalson em 24/10/2006
Código do texto: T272253
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
léalson
Ibiuna - São Paulo - Brasil, 64 anos
42 textos (1552 leituras)
42 áudios (2811 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 16:07)
léalson