Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Então é primavera...

Você já pensou no que a vida pode lhe proporcionar em uma manhã de primavera??
Naqueles momentos roubados ao sol, com os pés na grama, sentido o perfume das flores, que estão simplesmente começando a vida, e que terá a breviedade da sua beleza...
Nem sei ao certo quando começa ou quando termina a primavera, mas acredito que ela é quase um estado de espírito, como um novo sabor para a vida, uma nova porção de felicidade...
E ela tem o dom de ser incrivelmente breve e fulgaz, como a paixão, talvez por isso a primavera revele tanto a paixão...na primavera somos coloridos e quase imantados para o prazer, é como fazer um convite silencioso a beleza, aos desejos que calamos no fundo da alma...
Experimente acordar cedo e sentir o sol crescer, caminhar sem rumo, sentindo o corpo aquecido pela manhã, procure um lugar onde possa sentar, ou quem sabe deitar na grama, observe as flores a sua volta e feche os olhos... ouça o som da primavera, todos os murmúrios de vidas que nem imaginamos como podem resistir apesar dos obstáculos...e busque em você seus desejos mais escondidos, aquelas coisas que na infância você sonhava... que na adolescência você tinha a certeza que conseguiria realizar e que quando adulto percebeu que era simplesmente um sonho...
E quem sabe na primavera, onde os sonhos são mais coloridos, vamos aproveitar e sonha-los de novo, quem sabe realizar alguns, quem sabe criar novos... sei lá... vamos curtir as flores, o sol, a vida, que pode passar tão rápida que quando vemos simplesmente já foi... vamos fazer piqueniques, vamos andar ao vento, vamos sair de casa somente por sair, sem compromisso, a quanto tempo você não faz isso...
Vamos ser o anjo de alguém, passe adiante a alegria da primavera, ou então simplesmente ame alguém, ou de repente faça as pazes com você, deixe esse colorido que começa nas flores se apoderar, mesmo que por um instante...
Ou apenas vamos descobrir uma maneira nossa, pessoal, e de preferência incrível, de simplesmente curtir a primavera e guardar na memória algo mais além dos velhos sonhos...

Ale Davila
Enviado por Ale Davila em 30/10/2006
Código do texto: T277579
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ale Davila
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 40 anos
15 textos (1649 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 16:07)
Ale Davila