Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amores Incertos

Sempre cingirei os amores secos,
Que os frutos me sonegam,
Ou então me perderei vão nos tortuosos caminhos
Dos amores selados na aurora
Das ansiosas moças...
Inda que quebradiços, seguros, contudo;
Seguros, sim, pois certos, palpáveis...

Que há de prevalecer?...

Mãe?...

Amante!...

Lírico?...

Não!...

Biológico!
Éder de Araújo
Enviado por Éder de Araújo em 12/11/2006
Reeditado em 08/07/2008
Código do texto: T289349

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Éder de Araújo
Santo André - São Paulo - Brasil, 47 anos
158 textos (18907 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 00:50)
Éder de Araújo