Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Semente


Eu não me acostumo com a ausência de palavras, eu sinto falta de mim e da voz da minha saudade.
Eu quero de volta as minhas primícias; as que sei que estão guardadas atrás das portas do tempo, onde meus braços abraçam e minhas vontades não alcançam.
Sei que vou me perder na rota dessa busca, como sei que não vou encontrar os mesmos caminhos, pois o túnel que me abre as portas se fechará após a minha passagem.
Sei que não encontrarei o caminho da volta, e que o chão ainda é o mesmo. As chuvas não são as mesmas e as lágrimas bem outras, nem tudo é novo, só eu serei nova semente.
Sem bagagem, sem medo, eu de cara limpa e um mundo de preconceitos, adrenalina pura; o resto...o resto a gente vê depois.
Angélica Teresa Almstadter
Enviado por Angélica Teresa Almstadter em 30/06/2005
Código do texto: T29318

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angélica Teresa Almstadter
Campinas - São Paulo - Brasil, 62 anos
1054 textos (55636 leituras)
25 áudios (3274 audições)
1 e-livros (247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 08:22)
Angélica Teresa Almstadter