Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Donde?

Quando a noite, intrépida,
Ausente se agarrou aos dias
Embriagando-me de encantos dispersos
Dei-te o último beijo e partí.
Sem som ausente, aparente, sem versos
Saí!.
Donde os sonhos se perderam
Em gotas orvalhadas então saudade
Donde a concha se fez garfo,
Por entre as frestas reputou anseios
Donde?
Onde o amor se fez frio e gélido
Tornou-me um ser só, aparente,
Dualidade...
Junior Antonio
Enviado por Junior Antonio em 18/11/2006
Reeditado em 18/11/2006
Código do texto: T294569
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Junior Antonio
Paracatu - Minas Gerais - Brasil
181 textos (8146 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 01:00)
Junior Antonio