Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amigas distantes

Demora a entender, pode até entristecer, mas a proximidade nada tem a ver com a amizade.

A linha que liga um coração a outro é perfeitamente elástica e à prova de toda distância, seja geográfica, física ou de compatibilidade.

A amizade, aquela sem adjetivos redundantes - como verdadeira -, a qual simplesmente é em sua plenitude de significado, não fica no passado, nem está no futuro. É constante e presente, mesmo aos ausentes. Não é necessária a convivência para sua sobrevivência, sua força resiste apesar do tempo.

Amigos não passam por nossas vidas. Aqueles que vêm e que vão são outros. Eles permanecem.  A amizade é um sentimento que ecoa, por toda relevância que trazem à vida.

Engrandece o ser humano, mas ainda é muito maior do que ele. Mesmo uma vida inteira é incapaz de dissolver a intimidade e a cumplicidade que da amizade se criou. Um sentimento tão enorme que, contraditoriamente, se divide com tão poucos e raros.

Sinônimo de amor lapidado, a amizade, isenta dos interesses sexuais ou de conveniência, abraça todas as relações, dando sentido a suas existências.

Sinto-me privilegiada por permitir-me aventurar nessa experiência que dá ao espírito a leveza, mesmo castigando na saudade.
Arlete Rodrigues
Enviado por Arlete Rodrigues em 05/06/2011
Reeditado em 05/06/2011
Código do texto: T3015957

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Arlete Rodrigues). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Arlete Rodrigues
São Paulo - São Paulo - Brasil, 36 anos
17 textos (1085 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/11/14 22:03)
Arlete Rodrigues



Rádio Poética