Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ah! Meu menino

 
Se teus pés caminhassem junto aos meus, se somente voasses na imaginação...e não morasses nela...
Se teu mundo não te tornasse tão escravo...se não te aprisionasses tanto...transitarias  com leveza nos mundos que te habitam...e saberias quando estar em um e quando pousar no outro...
Ah! Menino como te quero bem...como gostaria de entender teus mundos...como gostaria que aceitasses minhas mãos...meu abraço... meu braço...
Ah! Menino como queria te livrar do medo...te abrir as cortinas de um mundo novo, para que pudesses colocar os teus pés na mesma estrada que a minha...
Não posso, menino...não posso, não me deixas entrar no teu mundo...e da janela dos teus olhos...não passo...
Embalo teus receios...para que, enquanto eles durmam, tu me abras o teu peito...
Entendo os teus medos, e escondo os meus para que me sintas forte...forte o suficiente para em meus ombros confiar...e as vezes me desnudo diante de ti meus medos...pra que me sintas tão frágil, quanto és...e me vejas humana como sou...e nunca me faças de teu ídolo...
Ah! Menino tu sorris e fazes da vida uma eterna brincadeira...não sabes das mazelas dos corações e permaneces puro...queria poder te proteger o coração para que não conheças a maldade humana...queria guardar-te sempre
nessa paz que te habita...
Ah! meu eterno menino és um homem belo, sei que tens a alma livre, que tens um chão que te segura, as tuas próprias razões e os teus conceitos...sei que embora sejas um homem que ainda não amadureceu, serás sempre um menino meu...
Perdoa minha impaciência...menino,
Perdoa minha pouca tranqüilidade...tenho minhas urgências e ansiedades, e confessas frustrações...
Sejas sempre meu amigo...meu parceiro e companheiro...porque mesmo que tropecemos na nossa convivência...tenho a ti e tu a mim...sabemos disso desde o começo...
Angélica Teresa Almstadter
Enviado por Angélica Teresa Almstadter em 07/07/2005
Código do texto: T32131

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angélica Teresa Almstadter
Campinas - São Paulo - Brasil, 62 anos
1054 textos (55643 leituras)
25 áudios (3274 audições)
1 e-livros (247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 07:13)
Angélica Teresa Almstadter