Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Trilhos sem direção

 
Guarde esse meu sorriso atrevido...Deixe registrado como lembrança, para se lembrar dessa eterna criança, que dia a dia se cansa dessa luta desigual...dessa falta de ideal...
Guarde esse sorriso que você já conhece...pouco a pouco ele esmorece...ou falsamente aparece...como fachada bem vestida...
Se o egoísmo dessa chama...se alastra por esse chão, se queima como fogueira da Santa Inquisição...minhas tralhas cabem numa pequena mochila...e os meus pés andarilhos...certamente criará calos...
Há muitos trilhos nesse chão...nenhum deles tem direção...são paralelas infinitas...que não tiveram um começo e se perdem de vista...
Há muito esse chão engoliu os trilhos e pistas...deixou picadas abandonadas...há muito estou de frente comigo nesse embate aflito...onde eu só grito e ouço o meu eco...
Pouco sobrou de ar...nessa imensidão que não me abraça...só essa corda que aos poucos meu pescoço enlaça...a trilha se prepara para engolir mais um pouco dessa distância...na mira, o piso reto...a rigidez do concreto...
Sentada nessa cadeira de balanço...embalo o corpo, retesado pelo frio da insatisfação...vendo a alma em leilão, na multidão dos meus afetos...e percorro com os olhos o mundo concreto, que não alcanço com as mãos...
Deixo que escorram, um a um os dias nesse calendário de infâmias, onde a vida
prepara suas armadilhas e tece com primor as distâncias...com olhar sem metas fixas, me assombro com a solidão que campeia esse chão...onde cada um é uma ilha ...vazia...
Não vou pensar na minha ignorância, nem permitir que essa tristeza endureça minhas mãos...antes vou regar, as folhagens murchas e as sementes pequeninas...e em cada florada... vou agradecer a solidão amorosa que manteve as minhas mãos atuantes e serenas...ante a visão magoada...embora apaixonada pelo mundo...
Angélica Teresa Almstadter
Enviado por Angélica Teresa Almstadter em 17/07/2005
Código do texto: T35051

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angélica Teresa Almstadter
Campinas - São Paulo - Brasil, 62 anos
1054 textos (55640 leituras)
25 áudios (3274 audições)
1 e-livros (247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 19:50)
Angélica Teresa Almstadter